Mudança nos termos de Monetização: O Boicote do Youtube aos Pequenos Canais

14 de abril de 2015
Boa noite minhas lindonas, lembram do post que escrevi há um tempo sobre algumas mudanças 'ocultas' que estariam ocorrendo no Youtube e que estava meio que 'quebrando' as pernas de pequenos produtores de conteúdo e/ou vloggers/youtubers iniciantes (leiam o post nesse link aqui )? 



Acabei de receber um e-mail meio que 'preocupante' para os mesmos sujeitos das primeiras mudanças (nós, youtubers iniciantes). Trata-se de uma atualização rígida nos termos de parceria do Youtube, popularmente conhecidos como 'Monetizações'


Com esta atualização dos termos o 'serelepe' Youtube não só abocanha 45% de toda a receita com publicidade em seus vídeos, como vai te ajudar oferecendo a opção dos seus assinantes visualizarem seu canala sem propagandas por uma taxa mensal, e nesse caso você também só vai ficar com 55% da renda gerada através delas. Mas, como assim? E agora José?

E se eu não quiser cobrar de meus assinantes? E se eu não estiver afim de abrir mão de 45% da minha renda bruta com o Youtube, posso negociar? Claro que não, aliás, fica bem claro que caso não aceite (até o dia 15 de junho) e deseje manter seus vídeos na rede eles terão de ficar no modo privado e o Youtube não será obrigado a exibir anúncios próximos aos seus vídeos. Muito legal, né?? #sqn


O Youtube se esconde através do argumento de uma plataforma mais limpa e sem publicidade, e da 'certeza' que seus fãs vão querer pagar para ver seu conteúdo. 'Tá' tudo certo, 'tá' tudo muito lindo, mas essa lógica do Youtube é tão visionária quanto utópica. Até porque a Taci, a Niina, por exemplo, e outras youtubers grandes vão sim continuar a produzir seu conteúdo e a compartilhar com quem estiver disposto a pagar, e acreditem elas conseguem isso num piscar de olhos... 

Mas o que acontece com os pequenos canais? Ora minha cara, vai acontecer o mesmo que aconteceu com os dinossauros alguns milhares de anos atrás: serão extintos, e não é exagero não!  Há algum tempo essa possibilidade já estava implícita nas mudanças marotas que vira e mexe o Youtube vinha fazendo que pelo andar da carruagem, mais cedo ou mais tarde, o momento onde apenas os canais maiores sobreviveriam iria chegar, o que ninguém imaginava é que isso fosse ocorrer de forma tão brusca (leia mais sobre essa mudança clicando aqui).

Enquanto isso continuem se inscrevendo e participando do canal aqui do blog, que sempre rola novidade por lá!

Me conta: Já estava sabendo dessa mudança? O que acha dessa e de outras mudanças do Youtube que atingem diretamente os pequenos canais? O que pretende fazer para continuar matendo seu canal?

Comentários no Facebook
17 Comentários no Blogger

17 comentários:

  1. Respostas
    1. Relaxa, no final sempre dá tudo certo!

      Excluir
  2. Pode se positivo para "menores" melhorarem também!
    Com a gratuidade dá espaço também para a não qualidade.
    Então, se alguém pagar para continuar com seu canal, é porque vale a pena né?
    E ele vai continuar existindo... logo, pode profissionalizar os "pequenos"
    Paia só porque a receita vai pra eles também...
    Mas vamos torcer pra galera dos softwares livres modificar isso!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com 'software' não tem como mudar a situação não, só se criassem outra plataforma para competir com o Youtube, como aconteceu com o Facebook e Orkut!

      Excluir
  3. eu ainda nao gravo videos e nao ganho nem UM MISERO CENTAVO COM O BLOG, oq é uma sacanagem pq dedico mt meu tempo a ele, acho uma sacanagem pegarem uma porcentagem TAO GRANDE

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também fiquei um pouco chocada com o percentual, mas é quase o mesmo valor que as networks cobram, no final tá tranquilo!

      Excluir
  4. Que situação complicada hein?
    Eu não estava sabendo dessa mudança,mais acho isso um tanto quanto injusto para os canais pequenos.Eu compreendo que o Youtube tem gastos e os Youtubers também mais acho que dava ambos receberem os mesmos valores(peço desculpas se estiver dizendo algo incoerente pois não entendo muito de Youtube) e outra questão,existem canais pequenos que dão um show nos canais grandes.Espero que toda essa questão se resolva.

    Páginas em Preto

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A questão é que sempre teve uma 'divisão nos lucros só não era tão explícito e a números tão exorbitantes!

      Excluir
  5. Oi flor!
    Vi seu post lá no Facebook e fiquei curiosa!
    Mas isso só acontecerá para quem não tem network ne?
    Ou para todo os usuários do Youtube?
    Fiquei curiosa agora!
    Bjoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pri, não afeta os usuários que fazem parte de netwoork não, só os usuários que são parceiros diretos do Youtube!

      Excluir
  6. Não estava sabendo disso, mas achei bem cruel essa mudança do Youtube! Não vai ser ruim só pra quem produz conteúdo, mas para quem assisti também vai ser muito ruim isso. Espero que eles voltem atras.

    www.umdiarioqualquer.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até porque para quem não assiste muitos vídeos e tem Netflix ou similares em casa acaba não compensando 'assinar' um canal!

      Excluir
  7. OMG, gelei agora, que sacanagem! Vou procurar outra plataforma de vídeos porque desse jeito não vai dar!

    SORTEIO: www.rockcomluxo.com
    www.youtube.com/natypottersena

    ResponderExcluir
  8. Onde você viu essa notícia? Fui pesquisar mais e acabei não achando nada sobre o assunto. O link que você forneceu também não está pegando!

    ResponderExcluir
  9. Fiquei preocupada sobre ter que pagar uma taxa, parece piada!

    http://heytutty.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como dizem: nem tudo que parece é Tutty!

      Excluir

Expresse-se! Sua opinião é muito importante! Aproveita e deixa o link de seu blog (ou site) para que eu possa retribuir o carinho, tá?

Publicações Relacionadas
Design + Programação por Demara Soares © 2013 - 2017 | Powered by Blogger | Todos os direitos reservados | Muito Melhor Visualizado no Google Chrome