06 março 2017

Resenha: O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares - Ransom Riggs

Olá lindonas! Tudo bem com você?? Sim, eu sei que mais uma vez passei muito tempo sem vir por aqui, esse hiatus se deu a uma série de ajustes que tive de fazer na minha rotina para que o blog e o canal tivesse atualizações regulares e não a cada passagem do cometa Halley como anda acontecendo e acredito que agora vai dar tudo certo, então colem por aqui de vez em quando para verem as novidades, fechado??

Devido a faculdade e a toda a responsabilidade que isso envolve eu quase não consigo tempo para ler livros que estão "fora da caixinha" da administração, mas como estou de férias (sim, eu sei que é esquisito, mas apenas aproveito) estou me permitindo ler coisas que não estão na lista de recomendados para esse próximo semestre, e comecei por um livro que causou uma certo blá-blá-blá mais ou menos no meses de setembro e outubro do ano passado: O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares.



Em 30 de setembro de 2016 estreiou o filme homônimo, dirigido por Tim Burton (já disse que sou fã dele, né?) e muita gente que já tinha lido o livro estava reclamando que Burton havia mudado as peculiaridades de algumas personagens e que até havia mudado o final. Como eu sou dessas que assiste ao filme antes mesmo de ler o livro, mas depois dessa "polêmica" (por falta de palavra melhor para chamar)eu resolvi comprar o livro mesmo depois de assistir ao filme, para ter mais argumentos. Ah, mas já adianto que tanto o filme quanto o livro são muito bons, mas realmente na adaptação para as telonas houve algumas mudanças pontuais.

Sinopse: Tudo está à espera para ser descoberto em O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares, um romance que mistura ficção e fotografia. A história começa com uma tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo - por mais impossível que possa parecer - ainda podem estar vivas. 

Autor: Ransom Riggs
Gênero: Ficção Americana
Ano de Lançamento:  2011
Edição:
Editora: Leya
ISBN: 9788544104897

Sim, esse foi um daqueles livros que eu comprei pela capa, que não é a original, mas uma capa feita com o 'poster' do filme. Ao longo do livro o autor vai inserido fotos 'peculiares' em preto e branco e que vão fazendo todo o sentido quando ligadas ao que está sendo narrado e isso só aumenta a nossa curiosidade. Uma curiosidade sobre essas fotos é que por mais que elas sejam estranhas e até desconfortáveis de ver o autor afirma que são reais e que foram conseguidas através de bazares e até com colecionadores de fotos antigas.


E falando do autor... Ransom Riggs cresceu na Flórida, mas agora reside em Los Angeles, a terra das crianças peculiares. Formou-se na Escola de Cinema e TV da Universidade do Sul da Califórnia. Realizou alguns curta-metragens premiados e nas horas vagas é blogueiro e repórter especializado em viagens. O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares, foi o seu primeiro romance e tornou-se rapidamente um sucesso de público e crítica.

Tinha bastante tempo que eu não lia um livro físico e por pura diversão, mas não foi só por isso que eu li super rápido, a narrativa limpa e objetiva do autor contribuiu e muito para isso, porque tornou a leitura muito mais fácil  gostosa. Os personagens são super atraentes e nos envolvem por toda a trama.



Sem querer ser clichê ou repetitiva, mas O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares é um livro peculiar por si só, possui um tom levemente sinistro ideal para quem procura um livro com um toque de mistério e um bom suspense sobrenatural.

Me conta: Já leu o livro? Viu ao filme? Gosta deste gênero de livro/filme?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse-se! Sua opinião é muito importante! Aproveita e deixa o link de seu blog (ou site) para que eu possa retribuir o carinho, tá?